Origens

Num trabalho arqueológico encomendado pela Câmara Municipal da Guarda, o arqueólogo Vítor Pereira apresentou um relatório em 2003 no qual afirma que, em territórios pertencentes a Aldeia Viçosa, existiu um Povoado Fortificado do período Proto-histórico. A freguesia poderá ter nascido neste lugar denominado de Pedra Aguda.

A investigação revela que:

"O povoado fortificado se localiza no vale do Mondego, na freguesia de Aldeia Viçosa, no limite concelhio da Guarda e de Celorico da Beira. (…) Este povoado apresentava uma implantação típica de povoados da Proto-história Antiga (século X ao VI a.C), ocupando sítios elevados, que se destacam na paisagem, permitindo-lhe excelente domínio visual da área envolvente, a grande distância. (…) Verificou-se que a Pedra Aguda controlava visualmente a bacia de Celorico até à junção entre o Mondego e a ribeira do Caldeirão. (…) Estes habitats são identificados como povoados de altitude, demonstrando uma defensibilidade natural, sem dúvida uma preocupação defensiva."

O investigador sublinha as óptimas condições da zona para a sobrevivência do povoado.

"O território de exploração de 30 minutos (zonas mais próximas) demonstra terrenos montanhosos, apropriados para o pastoreio e o plantio de cereais” com “diversas plataformas irrigadas por pequenas linhas de água. (…) Os territórios incluídos na área de 60 minutos incluem terrenos com diferentes capacidades, entre os quais o vale do Mondego, que permitia o plantio de hortícolas e a pesca. Inclui ainda áreas de montanha que possibilitavam pastagens para os animais no período do verão."

Soida também é referida neste relatório:

"na área de exploração de 60 minutos inclui-se um local denominado Soida, evidenciado por alguns autores como um povoado da Proto-história recente. O facto de apresentar poucos vestígios arqueológicos e ficar na área de exploração da Pedra Aguda leva-nos a colocar a hipóteses de ser um local secundário face a este último, ocupado, por exemplo, sazonalmente por uma parte da população da Pedra Aguda. (…) A Soida poderá possuir uma finalidade defensiva, uma vez que permite controlar a área sul do vale do Mondego, podendo servir como atalaia da Pedra Aguda."

O autor acrescenta ainda que:

" [parece ter existido] uma rede regional e mesmo inter-regional da Beira Alta, pela bacia de Celorico, e a área mais a sul. Estas rotas têm maior evidência do Bronze Final, com a exploração de jazidas de estanho, sendo o controlo militar deste vale fundamental para os povoados, como a Pedra Aguda."

O investigador admite a hipótese que o povoado da Pedra Aguda poderá ter sido “um povoado central”.

O mesmo conclui da seguinte forma:

"Com esta análise é possível confirmarmos que ao longo do I milénio a.C. o povoado Pedra Aguda (na freguesia de Aldeia Viçosa) fez parte de uma malha de povoamento que se concentrou em torno do rio Mondego."

Um estudo arqueológico coloca um importante povoado fortificado em terras de Aldeia Viçosa na época Proto-Histórica Antiga (século X ao VI a.C.), denominado de Povoado da Pedra Aguda. A Soida terá sido, já na altura, uma espécie de anexa a este povoado.

Sabe-se que também no período Romano deverá ter tido um papel fundamental como rota de passagem de pessoas e de mercadorias. Podemos encontrar restos de uma antiga estrada romana que fazia a ligação entre a Guarda e Braga, da qual fazem parte a ponte Romana a caminho da Faia e o Tintinolho.

Luís Prata 2013

(Fonte: Povoado Pedra Aguda. Relatório de Classificação. CMG, Vítor Pereira, 2003 )

Contactos

Freguesia de Aldeia Viçosa 6300-025 Aldeia Viçosa 969 345 024 freg.aldeiavicosa@gmail.com